logo_ieb

Últimas
NOTÍCIAS DO IEB

Início > Notícias > Cooperativa em Porto de Moz recebe certificação FSC
23/11/2016 00:00

Cooperativa em Porto de Moz recebe certificação FSC

Manejo florestal comunitário é desenvolvido na reserva extrativista Verde para Sempre (PA)


jaal
A Cooperativa Mista Agroextrativista Nossa Senhora do Perpétuo Socorro do Rio Arimum (Coomnspra), localizada em Porto de Moz (PA), está certificada pelo Conselho de Manejo Florestal (Forest Stewardship Council - FSC), conforme divulgado no site da organização. O selo FSC atesta que a extração madeireira segue critérios baseados em uma gestão ambientalmente apropriada, socialmente benéfica e economicamente viável, respeitando o ser humano e o meio ambiente.

No Brasil há somente seis empreendimento madeireiros comunitários certificados pelo FSC, a Coomnspra é o sétimo, o segundo no estado do Pará.  “O sentimento é de vitória, porque não é fácil falar de certificação em um plano de manejo desenvolvido por comunidades [e não empresarial]. Acreditamos que teremos benefícios, pois trabalhando corretamente ganham todos: nossas famílias e o meio ambiente”, comenta Jones Santos, presidente da cooperativa que possui mais de 50 associados, residentes na localidade Nossa Senhora do Perpétuo Socorro do Rio Arimum.

Comercialização

A cooperativa tem autorização para realizar o manejo florestal em uma área de 4.355 hectares, em uma das maiores unidades de conservação do país, a Reserva Extrativista Verde para Sempre. A região possui dimensões maiores que o Líbano (cerca de 1, 3 milhão de hectares). O tamanho é um desafio para a fiscalização e um atrativo para extração irregular.  “Há muitas empresas sem responsabilidade. Conhecemos o desafio de competir com a madeira ilegal. Mas nós abraçamos a causa. Queremos agregar valor ao nosso produto. Vamos buscar madeireiras certificadas”, afirma Jones.

Parcerias

Desde 2002 o Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB) realiza atividades de formação para a comunidade do Perpétuo Socorro do Rio Arimum. Em 2013, o Instituo iniciou um trabalho de sensibilização para o Manejo Florestal Comunitário e Familiar (MFC), por meio de oficinas e seminários. “Para nós é um privilégio fazer parte dessa história. Discutimos a certificação de Arimum a partir de um processo de capacitação realizado junto com o FSC/Brasil. Depois disso, muitas outras instituições se envolveram e foram determinantes para essa conquista”, relembra o coordenador do IEB, Manuel Amaral Neto.

Manuel acredita que o Selo FSC vem em boa hora, quando os números do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) mostram uma tendência de aumento do desmatamento. “Esperamos que esse processo da comunidade de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro possa sensibilizar as autoridades de governo para a estruturação e implementação de politicas públicas que viabilize o manejo sustentável da floresta”, finaliza Neto.

Texto: Ascom IEB
Foto: Larrisa Saude